Ministério Pastoral  apresentação

A igreja é uma família e um corpo, os membros ocupam seus lugares nesse corpo onde Cristo é o cabeça. Isso significa que a igreja é um lugar onde você muda de "eu" para "nós".

"Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo. Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos". I Corintios 12.12,14*

Por isso, a igreja que vive em comunidade necessita de mútuo pastoreio, tanto quanto a Igreja tem necessidades e precisa ser pastoreada, por sua vez, o pastor também tem necessidade e querer cuidados.

Infelizmente, por muito tempo se perpetuou a ideia sobre a igreja formada pelo trio: Templo - Sacerdote – Povo, gerava relacionamentos estanques e não aflorava cuidado mútuo de responsabilidade. Em virtude desse conceito o Sacerdote era considerado um semi-Deus. Naquele em que se buscava todas as respostas para os problemas da vida do povo.

A Igreja Local precisa ser despertada para aproveitar a grande oportunidade que tem de pastorear o seu próprio pastor, honrando-o, expressando gratidão, reconhecendo nele a dádiva de Deus, cuidando dele e da sua família nas mais variadas necessidades. Pois, um pastor saudável terá uma igreja saudável. Um pastor cuidado ter-se-á uma igreja cuidada e abençoada.

• Os discípulos de Jesus valorizam relacionamentos.

• Os discípulos de Jesus protegem o corpo contra poluição e infecção.

• Os discípulos de Jesus contribuem para o crescimento uns dos outros.

• Os discípulos de Jesus servem uns aos outros.

Por outro lado, temos o Ministério Diaconal que realiza um mútuo pastoreio, atendendo às necessidades da Igreja auxiliando o Ministério Pastoral , juntos realizam serviços de assistência à mesa, à enfermidade, à vida social, à logística, à disciplina, à administração, à visitação, entre outros.

Pastor Interino

Pr. Hebert Korps Martines Soler é pastor interino da Primeira Igreja Batista de Bauru/SP e pastor titular da Igreja Batista Redentor em Bauru/SP, bacharel em ciências jurídicas, pós graduado em gestão e liderança corporativa, atuou como professor de hermenêutica bíblica na Faculdade Teológica de Bauru, trabalha na Caixa Econômica Federal há 29 anos, casado com Eunice, pai de Matheus e de Samuel.